domingo, 29 de abril de 2012

Tijolos amarelos



À Senhora K. pelas confissões:


não quero não quero uma vida que não seja para mim
densa para voar

a coisa mais difícil
aos frangalhos trepidantes

a racionalidade do ralo
carta do insólito 
desintelectual


A dor com mel na boca
tijolos despedaçados em sóis!

Um comentário:

Maria Luiza disse...

a racionalidade do ralo
carta do insólito
desintelectual

me senti letrada em 3 linhas.