sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Choque de olhares

 pela imaginação da imagem com e sem à Debby:

O amor existe?
ante a criação
gozamos na morte
de atravessar
antes o nada, dentro e fora, depois aborto!
que anda
no pré-
no instante-já
de quem busca
o ínfimo
do sabor
de ser desafazer
no maravilhoso e horrendo
Nada:

Um comentário:

Débora Oliveira disse...

Lindo, como tudo que vc escreve. Obrigada pelo post-dedicatória!
Beijos e saudades <3